3 tipos de leites artificiais para bebês

O leite materno é, sem dúvidas, a principal fonte de energia para crianças de até, pelo menos, dois anos de idade. São proteínas, carboidratos, minerais e vitaminas que passam da mãe diretamente para o bebê, ajudando-o no seu desenvolvimento.

No entanto, nem todo bebê consegue adaptar-se inteiramente ao leite proveniente da mamãe, abandonando a amamentação e necessitando de novas formas de alimentação para sustentar seu crescimento. Nessas horas que entram os leites artificiais usados para suplementação. São diversos os tipos disponíveis no mercado, usados para situações especiais ou conforme a idade do pequeno.

Confira agora o conceito de leite artificial e os 3 tipos mais vendidos atualmente!

Conhecendo melhor os leites artificiais

Os leites artificiais, também chamados de compostos lácteos, são suplementos nutricionais que agem diretamente no desenvolvimento do organismo, estimulando o crescimento e ajudando na manutenção da flora intestinal, por exemplo.

O leite artificial é calórico, ou seja, proporciona energia para o bebê. No entanto, existe ainda uma série de outros nutrientes em sua composição, como: proteínas, que ajudam no desenvolvimento muscular e na formação dos anticorpos; lipídios, que reservam energia em forma de gorduras saudáveis; cálcio, que participa no crescimento dos ossos e outras vitaminas e minerais que são essenciais para o bom funcionamento do corpo.

Entendendo os 3 tipos de leites artificiais mais vendidos e suas diferenças

Basicamente, todo leite artificial possui a mesma composição nutricional, apresentando, inclusive, a mesma quantidade de calorias por porção, já que tudo é minimamente calculado. No entanto, existem alguns subtipos exclusivos para cada faixa etária ou para cada situação específica, variando conforme a marca do produto. Vejamos a seguir:

1. Nan

O leite tipo Nan é distribuído pela Nestlé e possui ampla abrangência, apresentando diversas fórmulas. A mais indicada pelos pediatras é o Nan Pro, por se assemelhar bastante ao leite materno e ser muito consistente, ideal até mesmo para recém-nascidos. Há também o Pre Nan, dedicado à bebês prematuros; Nan Comfor, ideal para quem tem dificuldades em defecar; Nan Supreme, com proteína hidrolisada do soro do leite; Nan A.R., feito especialmente para os bebês com problemas de refluxo e o Nan sem lactose.

Existem ainda os Nan 1, 2, 3 e 4, indicados conforme a faixa etária da criança e possuindo os ingredientes certos para cada etapa da vida do pequeno.

2. Aptamil

Assim como o Nan, o Aptamil, da Danone, possui uma classificação baseada na faixa etária. Há também a versão Aptamil Premium, contendo um mix especial de vitaminas e minerais, e a versão Aptamil Soja, ideal para aqueles que são alérgicos à lactose e se dão bem com a proteína da soja.

Vale lembrar que o Aptamil também possui as fórmulas Aptamil Pepti, com proteína hidrolisada do leite e Aptamil A.R. para aqueles com refluxo gástrico.

3. Enfamil

O Enfamil é uma marca estrangeira que gradativamente chegou ao Brasil e atualmente encontra-se como uma das mais vendidas no país. Sua fórmula é baseada em dois principais subtipos, a Enfamil Premium e o Enfamil Gentlease, ambas com alto complexo nutricional, mas com a diferença de que o último possui baixo teor de lactose em sua composição.

Sua classificação também é baseada conforme a faixa etária da criança, apresentando uma numeração específica para cada etapa de crescimento.

Mas nessas horas, surge uma pergunta: quais leites artificiais escolher, diante de tantos tipos e classificações? Não há ninguém melhor para responder essa questão do que o profissional especializado no assunto: o pediatra.

Ele saberá, a partir de uma avaliação prévia no bebê, qual o tipo ideal de leite que se enquadra na situação presente, de forma que a criança cresça naturalmente e com muita saúde e disposição.

Gostou de conhecer os tipos de leites artificiais e o quão importante eles são para o crescimento do seu bebê? Então siga-nos nas redes sociais (Facebook e Twitter) para ficar por dentro das novidades do universo infantil!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *